Um Dia Qualquer

Vou começar falando de como a atuação do Augusto Madeira é impecável… Ele, em qualquer filme, entrega um trabalho pra lá de invejável aos atores do país, entrega tudo o que pode e a gente apenas degusta desse grande ator que faz parte da história do cinema brasileiro.

Ele que acabou de fazer “A Menina que Matou os Pais” e “O Menino que Matou Meus Pais”, já engata um trabalho no outro, sempre sem medo, mas também, ele pode né, tem um currículo de arrebentar qualquer lugar em que chegue, veio do teatro, em 1997 foi para o cinema e daí só foi ladeira acima. Hoje ele trabalha também como diretor e preparador de elenco. É um gênio, sem dúvida. Ele atua de forma tão simples, que parece fácil, parece “Um Dia Qualquer” na vida dele. Mas isso é só uma fã falando…

Vinícius de Oliveira e Augusto Madeira

Um Dia Qualquer

Todos temos nosso dia a dia, tem dias que são todos iguais e dias em que a nossa vida dá uma reviravolta do nada, mas é do nada mesmo, em questões de horas ou minutos tudo muda e depois volta tudo ao normal de novo, deu pra entender?

Um Dia Qualquer é um filme assim, é um dia normal para quem está acostumado a viver com a milícia presente todo tempo, pra quem já vê na realidade a violência e a roubalheira diária. É um filme que te prende por ter um drama com conflitos tão normais e te deixa mal por saber que existe lugares e vidas assim.

O ator Augusto Madeira faz Quirino, um miliciano que passa a mandar no mundo do tráfico na sua região com a morte de Seu Chapa. Mariana Nunes faz Penha (essa merece aplausos de pé por essa interpretação), que é uma mãe dedicada aos seus filhos e viúva de Seu Chapa, que foi assassinado pelo miliciano. No passado, Seu Chapa e Quirino eram amigos próximos, mas a vida fez com que cada um seguisse da forma que fosse melhor para cada um, porém, o amor por Penha é algo em comum.

Quirino tem um filho que mora com ele e ele tenta de todas as formas fazer com que o filho tenha uma vida melhor que a dele. Quirino é casado com uma moça bem mais nova com quem tem outro filho e ela vive um conflito constante, pois não é nada fácil ser mulher de um miliciano.

Um Dia Qualquer

“Drama Materno”, “Milícia/Violência” e “Emoções Extremas”

Agora vocês imaginam uma mulher nova casada com um cara mais velho que tem um filho quase da mesma idade que ela? É confusão atrás de confusão. A história do filme mostra mais ou menos como funciona o mundo do tráfico e da milícia e de como a gente não tem a mínima noção do que acontece ao nosso redor.

Encurraladas, roubos, mortes, sexo, e até amor, tudo isso em um dia dia normal pra alguém que se identifique. Eu achei o filme muito bom, com atores muito competentes, mesmo com um roteiro um tanto comum de histórias de subúrbios no Rio de Janeiro. Um Dia Qualquer é um daqueles filmes em que o roteiro é mais ou menos, mas os atores salvam a produção.

Um Dia Qualquer - Trailer Oficial Filme

Um Dia Qualquer

Nome Original: Um Dia Qualquer
Direção: Pedro von Krüger
Elenco: Augusto Madeira, Mariana Nunes, Jefferson Brasil, Vinicius de Oliveira
Gênero: Drama
Produtora: Elixir Entretenimento
Distribuidora: Pipa Pictures
Ano de Lançamento: 2022
Tags

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar