High School Musical – Grande sucesso do Disney Channel

É véspera de ano novo e os adolescentes Troy Bolton (Zac Efron) e Gabriella Montez (Vanessa Hudgens) passam as férias com suas respectivas famílias em uma pousada. Em uma festa, os dois acabam empurrados para um karaokê, onde fazem uma apresentação musical que faz sucesso e faz com que eles notem que existe uma conexão entre os dois.

Quando as aulas voltam, Troy descobre que Gabriella acabou de entrar na sua escola, mas suas vidas parecem ser muito diferentes. Ele é um atleta popular e ela uma garota estudiosa e tímida. Troy e Gabriella têm, no entanto, uma paixão em comum: cantar. Assim, eles resolvem participar dos testes para o musical da escola, mas antes precisam enfrentar os gêmeos Sharpay (Ashley Tisdale) e Ryan Evans (Lucas Grabeel), que são sempre as estrelas das produções teatrais escolares.

Ao mesmo tempo, Troy e Gabriella notam um sentimento crescendo entre eles.

Zac Efron em cena de High School Musical
Zac Efron em cena de High School Musical

Romeu e Julieta moderno

Peter Barsocchini, o roteirista de High School Musical, descreve o enredo do filme como uma adaptação moderna de Romeu e Julieta e ele, de fato, tem alguns aspectos em comum com a trama de William Shakespeare. High School Musical apresenta um casal que tem dificuldades em ficar juntos, mas aqui, os problemas não são familiares e sim pelas posições que Troy e Gabriella exercem na escola e nos seus grupos de amigos.

E, nesse sentido, o longa é bem mais parecido com um filme adolescente qualquer, onde o atleta popular começa a gostar da menina tímida e estudiosa, já que os obstáculos que eles encontram são os amigos do time de basquete de Troy, a equipe de Decatlo Acadêmico, a dedicação que as duas modalidades exigem dos dois e Sharpay Evans, a patricinha do colégio, que dá a entender que gosta de Troy, mas nunca deixa isso completamente claro.

O filme tem ainda muitas semelhanças com Grease – Nos Tempos da Brilhantina, que também apresenta um casal que se conhece e depois se reencontra no primeiro dia de aula, que também parece não conseguir ficar junto em função das pressões sociais da escola, e onde o elenco também canta e dança.

High School Musical é basicamente um filme adolescente com músicas
O filme é basicamente um filme adolescente com músicas

A semelhança com tantas tramas que retratam adolescentes acontece porque High School Musical é basicamente um grande clichê dos filmes do gênero, que adiciona músicas e números musicais à sua história, mas, justamente por isso, acaba se tornando relativamente inovador.

Luta pelos sonhos

Como acontece com frequência em filmes musicais, High School Musical tem personagens que estão envolvidos com arte e, aqui, mais especificamente, eles se interessam por teatro musical. Essa é uma ótima forma de justificar os números musicais presentes no filme, que acontecem fora do palco também, mas que dentro desse universo não soam deslocados e passam despercebidos pelo público que não costuma curtir o gênero.

A personagem que é, de longe, mais obcecada com teatro musical no filme é Sharpay Evans, a patricinha do colégio, que até aquele momento estrelou todas as produções. Sharpay é o arquétipo da estrela de musicais chata e irritante que quer todos os papéis e todas as atenções para si, mas que é, indiscutivelmente, talentosa. Ela tem um irmão gêmeo, Ryan, que participa de todas as audições com ela, mas que não é tão apaixonado assim pelo tema.

Troy e Gabriella
Troy e Gabriella

Os protagonistas do longa, por outro lado, estão descobrindo sua paixão pela música agora, mas são talentosos e ameaçam diretamente o reinado de Sharpay e Ryan. É a partir daí que boa parte dos conflitos surgem: Troy é a estrela do time de basquete e precisa se dedicar ao esporte, enquanto Gabriella está focada nos seus estudos, mas mesmo assim, os dois querem participar do musical.

Além disso, existe uma grande pressão na escola para que os dois continuem desempenhando os papéis sociais que lhe são atribuídos. Troy não pode ser o atleta da escola e o astro do musical ao mesmo tempo, e Gabriella não pode ser a mocinha tímida e também a estrela da peça. Troy e Gabriella também precisam lidar com as tramoias de Sharpay, que está disposta a quase tudo para conseguir o papel principal.

Estereótipos

Este é um filme voltado para crianças e, portanto, não se espera que tenha uma grande profundidade nas suas tramas, mas a questão dos papéis sociais atribuídos aos personagens é uma discussão interessante, que o filme, infelizmente, não explora tanto quanto poderia.

Os protagonistas de High School Musical querem fazer parte do musical do colégio
Os protagonistas querem fazer parte do musical do colégio

Os personagens podem facilmente serem colocados em caixinhas muito óbvias: o atleta popular, a mocinha tímida, a patricinha metida, o garoto afeminado que gosta de teatro musical e assim por diante.

Quando Troy, o atleta, e Gabriella, a menina estudiosa, assumem que querem fazer parte do musical do colégio, outros alunos começam a contar suas pequenas idiossincrasias, que saem completamente do estereótipo onde eles, até agora, se sentiam confortáveis. Martha Cox (Kaycee Stroh), uma nerd, revela que gosta de Hip Hop e Zeke Baylor (Chris Warren Jr.), um dos atletas, conta que gosta de fazer doces franceses.

A ideia é bem interessante, mas não é muito explorada. Os alunos fazem suas revelações e Troy e Gabriella fazem os testes para a peça de teatro, provando que ninguém é uma coisa só, mas o filme não vai muito além disso.

Efron como Troy Bolton
Efron como Troy Bolton
As músicas

A trilha sonora é formada por músicas compostas para o filme e os atores cantam em cena, embora Zac Efron tenha sido dublado por Drew Seeley. Entre as músicas presentes estão Start of Something New, What I’ve Been Looking For, Stick to the Status Quo, Breaking Free e We’re All in This Together.

Como o longa retrata personagens envolvidos com arte e que estão encenando um musical, existem vários números musicais que acontecem unicamente no palco e que, em muitos aspectos, não refletem a trama do longa. Quando Troy e Gabriella cantam, mesmo no palco, as músicas geralmente falam sobre a relação dos dois, como Start of Something New, que eles cantam na festa de ano novo onde se conhecem e fala de alguma coisa que está começando, e Breaking Free, que eles cantam na audição do musical, que fala sobre pessoas que estão se livrando de algo, no caso, os status sociais que eles têm na escola.

O filme tem ainda alguns números que são apresentados fora do palco e que refletem os sentimentos dos personagens, como acontece em musicais clássicos.

Ashley Tisdale como Sharpay Evans
Ashley Tisdale como Sharpay Evans

Aspectos técnicos de High School Musical

A produção foi, originalmente, pensada como um filme para a televisão e, por isso, tem muitos aspectos de filmes desse gênero. A montagem é típica, com aquelas paradas em momentos específicos, para que possa entrar um comercial, no entanto, isso não impediu que a atração fosse um sucesso.

O longa, de uma maneira geral, é muito simples: a produção é simples, o elenco se sai bem, mas não está excepcional, a trama é bobinha e clichê e as músicas não são memoráveis, mas é sempre importante lembrar que High School Musical não só foi pensado como uma produção pequena, mas também como um filme voltado para o público infanto-juvenil e, dentro desses parâmetros, o longa funciona. Ele é basicamente um filme adolescente, onde os personagens cantam.

Será que High School Musical é um grande musical que agrada todos os fãs do gênero, inclusive os adultos? De maneira nenhuma. E nem é um filme infantil que arrasta uma grande quantidade de fãs de todas as idades, como acontece, por exemplo, com Mary Poppins, mas ele entrega o que se propõe e entretém, aparentemente com bastante sucesso, o seu público alvo.

High School Musical foi um fenômeno
High School Musical foi um fenômeno

O legado de High School Musical

Pensado originalmente como um filme para a TV, sem muitas expectativas, High School Musical virou um fenômeno. O longa se tornou o filme original mais bem-sucedido da Disney Channel e foi o segundo mais assistido no canal no ano do seu lançamento. Ganhou mais duas continuações, High School Musical 2, lançado em 2007 e High School Musical 3: O Ano da Formatura, lançado, dessa vez nos cinemas, em 2008.

A personagem Sharpay Evans ganhou um spin off em 2011, chamado A Fabulosa Aventura de Sharpay, que a acompanha enquanto ela atua em um musical da Broadway. O longa ganhou versões na Argentina, no México e no Brasil, que não tiveram tanto sucesso quanto o primeiro. O elenco original chegou, inclusive, a fazer turnês pelos Estados Unidos, Canadá e América Latina. Atualmente, a Disney Plus exibe High School Musical: A Série: O Musical, que também se passa no mesmo universo.

Para além disso, o sucesso de High School Musical foi o impulso para que a Disney Channel, que sempre flertou com o gênero, produzisse uma série de filmes musicais voltados para o público infantil e adolescente, como Descendentes, Teen Beach Movie, Lemonade Mouth: Uma Banda Diferente e Camp Rock. High School Musical foi ainda responsável por revitalizar o gênero musical, pelo menos entre o público mais jovem, que pode ter visto o longa como uma porta de entrada.

"<yoastmark

Os atores

O elenco, que foi descoberto no longa, saiu de High School Musical para outros musicais, como Zac Efron, que esteve em Hairspray – Em Busca da Fama e O Rei do Show e Vanessa Hudgens, que esteve em uma montagem de Rent, em Hollywood, em uma montagem de In the Heights, em Washington D.C e na Broadway com Gigi, em 2015. Hudgens também esteve em Grease: Ao Vivo e Rent: Live, onde teve performances muito elogiadas.

High School Musical não é um grande filme e nem um musical inesquecível, mas agrada ao público alvo e, além de se tornar uma grande franquia para a Disney, serviu como um impulso para que o gênero musical ganhasse ainda mais visibilidade.

High School Musical | Original Trailer | Disney+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar