O Gênio e O Louco, a obsessão de dois homens notáveis

Baseado no livro de Simon Winchester, O Gênio e O Louco traz às telonas a história real da produção do dicionário inglês de Oxford. Encabeçada por dois homens de vidas completamente distintas, que se entrelaçam por conta desse projeto, a trama mostra a coragem e o drama nessa empreitada.

O professor James Murray (Mel Gibson) dá início ao seu ardiloso projeto sobre o dicionário, em 1857, recebendo inúmeras palavras e seus significados. É então que o Doutor William C. Minor (Sean Penn), que é um médico e Capitão veterano da Guerra Civil americana, chama a atenção por enviar mais de dez mil palavras e significados, como forma de colaboração. Entretanto, quando tenta lhe dar os créditos e honrá-lo, o comitê é surpreendido ao descobrir que ele é um interno em um hospital psiquiátrico para criminosos.

Mel Gibson é James Murray em O Gênio e o Louco
Mel Gibson é James Murray

O louco

O longa retrata de forma muito clara a realidade e os tratamentos usados em pacientes com distúrbios psicológicos, na época. Apesar de se mostrar um paciente promissor, e com grandes regalias, como por exemplo, acesso a livros e visitas, após um surto, Willian é submetido a tais tratamentos. Ele parece ser um paciente com esquizofrenia, o que não era uma doença conhecida, até então.

Assim, em cenas fortes, Willian aparece sendo forçado a vomitar uma série de vezes, à exaustão de seu corpo. Até que sofre também uma lobotomia, o que o leva ao estado catatônico, deixando muitas sequelas.

Sean Penn é Dr. William Chester Minor
Sean Penn é Dr. William Chester Minor

O Gênio

James, o professor, é um homem de família, escocês, professor de universidade, autodidata e fluente em incontáveis idiomas. Casado com Ada (Jennifer Ehle), uma mulher forte, de opinião e empoderada. Mudam-se então para Londres, para que ele faça parte do comitê que está produzindo o tal dicionário.

Empenhado, ele conhece William, e eles se tornam amigos, o que facilita muito ao catalogar as palavras. Ambos se mostram muito empolgados durante o processo. James não desiste do amigo sob circunstância alguma, mesmo após todos os tratamentos e sequelas. Certamente, sempre apoiado pela esposa, Ada.

O Gênio e O Louco
O Gênio e O Louco

Aspectos gerais de O Gênio e O Louco

O filme conta com uma trilha sonora clássica, cheia de emoção e que envolve o público, com instrumentos e sons baseados em violinos, pianos e outros instrumentos típicos do gênero musical.

Falando em fotografia, não há pontos negativos. O longa possui cenas fortes, como paúra e desespero ao alucinar. Incluindo uma cena em que William decepa o próprio pênis como forma de castigo, o que mesmo implícito nos remete a agonia e a dor sentida. Ou seja, não deixa nada a desejar ao espectador.

Com incrível roteiro de dramatização, O Gênio e O Louco merece toda atenção do público, ainda mais com um desfecho tão interessante e que prende a atenção. É um drama com uma pitada de ação, além de ser muito intrigante por se tratar de uma história real.

O Gênio e O Louco

Nome Original: The Professor and the Madman
Direção: Farhad Safinia
Elenco: Natalie Dormer, Mel Gibson, Sean Penn, Jeremy Irvine, Jennifer Ehle
Gênero: Biografia, Drama, Mistério
Produtora: Fastnet Films
Distribuidora: Imagem Filmes
Ano de Lançamento: 2019
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar